Início
Editora
Conselho Ed.
Autores
Catálogo
Passado Livrarias
Projetos
Contactos
Calendário facebook








| Biografia | Espiritualidades | Ficção | Humor | Infantojuvenil | Literatura de Viagens | Pedagógico | Poesia | Técnico |

POESIA

Afrodite
Paula Moreira


 N.º pág.: 64
 ISBN: 978-989-8255-XX-X
 PVP: 9.45 €
 Encomendar

Deliciosamente ligada à mitologia grega através da heroína AFRODITE, deusa grega da beleza e do amor e cuja origem é contada na Introdução deste Volume, cada poesia, cada letra escrita vai ligando, num elo indissociável, os vários factos mitológicos que levam ao Amor/Paixão, ao Amor Sexual.
Este livro de Paula Moreira vai contribuir para que seja dado mais um passo importante no sentido de, mais do que difundir o Amor, reinventar o AMOR!

Elvira Almeida

Anéis de Saturno (Os)
Aurélio Mesquita


Ilustrações do autor
N.º pág.: 64

ISBN: 978-989-8255-14-3

 PVP: 9.45 €
 Encomendar

Os astros são palavras outras que dão título a um livro que encerra em si duas décadas de produção dispersa e despreocupada. Quem conhece o autor, sabe que o pincel sempre foi complemento mais fiel da sua mão do que a pena. Não obstante, a poesia transfere-se para a tela se por poesia entendermos produção estética e efusão de sentimentos. Nesta perspetiva,
entende-se o efeito de crisálida da poética de Aurélio Mesquita e do seu intento de tonificar, com igual valor, todas as fases da vida: desde o estado larvar ao, dito, apogeu do belo.
Do inatingível e distante Saturno e dos seus anéis ao des_amor próximo, mas igualmente distante, o poeta privilegia, quase sempre, o pormenor, as pequenas coisas que quase passam despercebidas, mas não aos olhos atentos e acutilantes do autor _e a filosofia, essa, não a ponho de parte, corrompo-me com ela.
Serão memórias? Reflexões? Talvez... Saturno não responde e, por vezes, até o poeta se interroga se só ele lê a sua palavra. Mas são, certamente, palavras profusas de significado, de alcance. Que, felizmente, o autor ousa agora partilhar com todos nós.

Até ao fim do mundo
Paulo César Gonçalves


N.º pág.: 56
 ISBN: 978-989-8255-28-0
 PVP: 9.45 €
 Encomendar

O que dizer de um jovem autor que, aos 27 anos, consegue apresentar uma criação poética original, cuidada e marcadamente portuguesa? O que pensar de alguém que refuta o abstracionismo para, orgulhosamente, escolher como tema central da sua primeira obra a portugalidade, glorificando as mais profundas raízes do ser português como forma de explicar o povo que somos hoje?...
Paulo César Gonçalves é um caso notável na poesia, em Portugal. Inspirando-se, claramente, em Pessoa e na
Mensagem, Até ao fim do Mundo assume-se como uma ode ao sentimento e ao orgulho de ser português. Num registo original, em que as palavras nunca são desperdiçadas. Bem pelo contrário: cada vocábulo, cada expressão, cada verso é meticulosamente escolhido e podado, resultando desse rigoroso processo de escrita um belo texto, estética e semanticamente (quase) perfeito. Porque a perfeição não existe…

Caminhando pela vida
Modesto Nogueira


N.º pág.: 128

ISBN: 978-989-8255-42-6

 PVP: 12.60 €
 Encomendar

Neste seu segundo livro, Modesto Nogueira canta hinos à vida, à felicidade que cada um de nós tem em estar vivo. É claramente um livro de inspiração cristã, onde predomina um sentimento de gratidão pela dádiva da vida ao Criador. Mas o autor não se furta à responsabilidade de ser atuante e interventivo e vai tecendo, também, algumas críticas e reparos aos loucos tempos da atualidade, em que “cada vez há menos tempo para ter tempo”…
Modesto Nogueira é, naturalmente, em termos formais, um poeta clássico, porque toda a sua produção poética é trabalhada, rendilhada, denotando, para além da inspiração, muita “transpiração”. Porque saber escrever (e muito bem, como é o caso deste poeta) não é fruto do acaso nem está ao alcance de todos…


Canas ao Vento e Canções do Mal-amado
Agostinho Gomes


N.º pág.: 112

ISBN: 978-989-8255-xx-x

 PVP: 10.60 €
 Encomendar



Celulose
Paulo Assim


 N.º pág.: 64
 ISBN: 978-989-8255-54-9
 PVP: 9.54 €
 Encomendar

OBRA VENCEDORA DA 19ª EDIÇÃO DO PRÉMIO NACIONAL DE POESIA DA VILA DE FÂNZERES
 
Publicada sob o título Celulose, a obra de Paulo Carreira, que assina com o pseudónimo de Paulo Assim, foi a selecionada pelo reputado júri, que a escolheu entre todas as obras apresentadas a concurso.
Na obra, o poeta lembra-nos que, para começar um poema, o autor apanha frases no ar, soltas, e aprisiona-as dentro dele. O meu desejo é que todas essas frases, esses poemas, possam ser livres e voar, pois é esse o principal objetivo deste Prémio Nacional de Poesia.
A Junta de Freguesia de Fânzeres tudo fará em prol da cultura e abraçará como sua, também, a nobre missão de tornar a poesia acessível a todos.
 
Fernanda Vieira, Presidente da Junta de Freguesia de Fânzeres

Dei-me à terra
Jorge Jardim


N.º pág.: 64

ISBN: 978-989-8255-06-8

 PVP: 9.45 €
 Encomendar

Aos 30 anos, Jorge Jardim surpreende pela tranquilidade e pela segurança do seu registo. Em Dei-me à terra, é o sentimento telúrico que se sente, o chamamento às origens de um passado recente rural, onde o autor se afirma, claramente, como um dos melhores jovens poetas do momento. A não perder.

Depois do poema
Jorge du Val


N.º pág.: 72

ISBN: 978-989-8255-20-4

 PVP: 10.50 €
 Encomendar

Neste livro, entrelaçam-se mãos de criança com as de uma mãe Supernova. Neste livro choram-se saudades e quases, acendem-se fósforos e lapidam-se cubos de gelo. Neste livro entornam-se baldes de silêncio, passam-se décadas em apneia. Este livro são 20 unhas a escavar o cimento. É a voz de quem, de tão , está. É também um oceano de sonho a fermentar, uma batalha a travar. É escárnio, é caos de Joker, sanidade de um louco. São avalanches e a planta indefesa apanhada no meio. São pontas de um icebergue prestes a derreter. São cinzas de cigarro feitas gente. É emoção branca, virgem e um abraço. É A palavra de quatro letras começada por A.

Pedro José Barros

Despedida
Fátima Donoso Gómez


N.º pág.: 92

ISBN: 978-989-8255-36-5

 PVP: 10.50 €
 Encomendar

As despedidas podem (devem?) ser belas, mesmo quando a tristeza é sentimento que invade a alma. Um livro belíssimo, em dupla versão portuguesa e espanhola. Um primeiro livro bem maduro e de grande qualidade.

Diástole das palavras (A)
José Manuel Moreira


N.º pág.: 56

ISBN: 978-989-8255-25-9

 PVP: 9.45 €
 Encomendar

Palavras de sol / e vento / é o que os olhos encontram / quando querem entrar / pelos magros poros do poema" (...)

Neste seu livro, A diástole das palavras, José Manuel Moreira refugia-se num silêncio entardecido, povoado do branco das palavras, onde os olhos eternamente adolescentes dos poetas bebem, até ao âmago, as sombras dos barcos sem idade.
Povoado duma linguagem obstinada, orvalhada de mãos e ventos que se fundem “a caminho da transparência”, o autor parece encontrar no silêncio - tantas vezes assumidamente evocado no seu livro - a musa inspiradora do “círculo branco de incêndios”, onde o poeta se extasia e parece beber o que resta da última luz. A última luz, azul, frágil, núbil, difusa, inconstante, perene, incerta - onde os dias se cruzam com o sempre igual fulgor da sublime rebentação das palavras do mar.
Um livro para ler, em silêncio.
Henrique Monteiro


Em Busca da Verdadeira Felicidade
Luís Miguel Almeida


N.º pág.: 64

ISBN: 978-989-8255-72-3

 PVP: 9.54 €
 Encomendar




Espelho de Lágrimas
Romeu Braga


N.º pág.: 64

ISBN: 978-989-8255-65-5

 PVP: 9.54 €
 Encomendar




Essência do Amor (A)
Glória Costa


N.º pág.: 52

ISBN: 978-989-8255-xx-x

 PVP: 8.48 €
 Encomendar



Gritos Afónicos
Romeu Braga


N.º pág.: 60

ISBN: 978-989-8255-07-5

 PVP: 9.45 €
 Encomendar

O amor e a morte. As sombras e a claridade. Os opostos que, de tão afastados, parecem tocar-se, disputando um armagedom constante pela supremacia no coração e na mente. É, como o próprio título indica, uma leitura de contrastes, de emoções vivas, por vezes, e de uma melancolia atroz, por outras. O negro é a cor escolhida pelo autor para ilustrar o seu texto. E pinta-o com uma bela manta de negrume, sob os céus de Paris. Em sintonia perfeita com a beleza da imagem, retirada também da objectiva de Romeu Braga.


Habilidosos (Os)
Guilherme Andrade, o Garrincha


N.º pág.: 64

ISBN: 978-989-8255-83-9

 PVP: 9.54 €
 Encomendar



Mão na lua
Miguel Fragateiro


N.º pág.: 68

ISBN: 978-989-8255-50-1

 PVP: 9.54 €
 Encomendar

Mão na lua, a possibilidade impossível, o desejo de realização pela criatividade e pela fantasia. Poesia para agarrar e guardar.

Na direcção do olhar
Eduardo Valdrez


N.º pág.: 72

ISBN: 978-989-8255-47-1

 PVP: 9.54 €
 Encomendar

Os poemas de Eduardo Valdrez partem da matéria-prima do quotidiano, esse chão comum, aparentemente anódino e desprovido de significado, paisagem das paisagens banais, lugar presumivelmente sem memória, história ou identidade. Valdrez dignifica esses tempos e lugares pela observação sensível e atenta, transmutada, por vezes, em retratos naturalistas que já não são, todavia, a realidade, porque a matéria do poema é então outra: matéria solar, conspiração de pássaros, olhar repentino ou profundo, veia aberta que tudo capta e respira para o transformar.
É Valdrez um «camponês à solta pela cidade»? Assim parece. Pelo aprisionamento de que dá conta, pelas viagens bucólicas, pela omnipresente lembrança da infância, da mãe, pela convocação da Natureza. Mas, igualmente, pela denúncia das injustiças, pelo pulsar do tempo histórico, em cruzamento, tenso, com o tempo da vida (coincidirão, um dia?), pela palavra comprometida.
João Teixeira Lopes

Na orla da esperança
Albino Orlando Soares


N.º pág.: 80

ISBN: 978-989-8255-03-7

 PVP: 9.45 €
 Encomendar

Para Albino Soares, a poesia é, essencialmente, mensagem. Uma linguagem que pode amenizar a dor, mas também lavrar os campos da esperança. Em verso livre, quase sempre, desprende o mundo dos seus quistos e (re)inventa-o. Pelas brumas do sarcasmo, com que polvilha, aqui e ali, as palavras que usa, vislumbra-se confiança e expectativa. Haja fé para o conseguir e passar para além da orla. Este é um livro de segundas leituras, um desafio que nos impele à alegoria, à nossa capacidade imagética de recriar uma beleza, quase pura, que jorra abundantemente deste Na orla da esperança.


Na transcendência da claridade
Maximina Girão


N.º pág.: 72

ISBN: 978-989-8255-97-6

 PVP: 9.54 €
 Encomendar

São poemas que percorrem vários tempos, o tempo do presente e o tempo da memória e nesta, o tempo das ilusões desfeitas, dos sonhos irrealizados, da infância desvanecida. Daqui resulta um confronto permanente entre a memória de um passado que assombra um presente que se quer prenhe de esperança e de realização. Nesta poesia emergem gritos de desespero, de pedidos de auxílio que não são respondidos.

Marta Martins





Pensar na solidão
Guilherme Andrade


N.º pág.: 88

ISBN: 978-989-8255-57-0

 PVP: 10.60 €
 Encomendar

Este seu segundo livro tem por objetivo principal chamar a atenção dos leitores para os procedimentos políticos, económicos, morais, religiosos, etc, de figuras de destaque nacional e internacional. O autor procura refletir, de forma amena e jocosa, sobre algumas das questões essenciais que norteiam a forma de certos indivíduos se posicionarem no mundo que os rodeia.


Poemas de Amor e Sensualidade
Modesto Nogueira


N.º pág.: 80

ISBN: 978-989-8255-81-5

 PVP: 9.54 €
 Encomendar

Modesto Nogueira é o expoente máximo da alma de um poeta nato: Ele é todo poesia! Mesmo quando escreve em prosa, fá-lo com uma cadência fascinante! O seu mundo, onde se move sem diques nem muralhas, é o mundo dos afetos, do sentimento, do amor… porque tem um coração de menino que fala da dimensão dos seus sonhos, dos seus medos e certezas, dos seus amores e desalentos. Gosto de mais de tudo o que Modesto Nogueira escreve. A sua poesia é o espelho da sua alma. E esta é transparente e límpida como a água pura!

Guiomar Fidalgo

(Licenciada em Filosofia pela FLUP)

Por Terras de Bem Viver
Modesto Nogueira


N.º pág.: 96

ISBN: 978-989-8255-19-8

 PVP: 10.50 €
 Encomendar

O presente livro, em forma de poesia, é uma homenagem às Terras de Bem Viver, à sua paisagem natural, à sua beleza, às suas gentes. O concelho de Bem Viver foi formado em 1514 e anexado ao Marco de Canaveses em 1852.

Quando a poesia é visita
Agostinho Gomes


N.º pág.: 188

ISBN: 978-989-8255-58-7

 PVP: 14.84 €
 Encomendar

“Poemas belos e inquietantes, estes de As sombras dos Dias, poemas dum grande espírito, que não abdica das nobres inquietações nem da beleza.
Li-os com imenso prazer e o alto apreço que me merece a sua personalidade de escritor e de poeta.”
Ferreira de Castro, 1967
 
“Um poeta que, ao longo do tempo, por sortilégio da paisagem física e humana – ambas riquíssimas – se reencontra com o seu melhor momento criador de modo a que encontremos uma densidade lírica de invulgar mérito e de invulgar dimensão humana!”
Diário de Notícias, Artes e Letras

Manipula el poeta un lenguage suntuoso y surprendente anudando los hilos del tapiz vernáculo com hallasgos del trópico isleño (guiabas, gindungos, buganvilias), a los que de quando en quando se agregam el adjectivo barroco (melicodoce) como adecuado zumo de origem»
Faro de Vigo

Reflexos
Teresa Hespanha


N.º pág.: 52

ISBN: 978-989-8255-09-9

 PVP: 9.45 €
 Encomendar

Os versos de Teresa Hespanha refletem o peso da memória, o desejo ancestral de parar os relógios, os tempo, o desejo do regresso aos lugares dos horizontes perdidos, vagamente sonhados, encontrados, inventados, secretos, libertos, místicos, míticos – os lugares do poema, o lugar da palavra, o Reflexo da alma onde só as pedras geram sol – para quem o merecer.
Reflexos. De luz? Da noite? Da liberdade? Da memória? Não sei. Talvez da saudade do futuro.

Henrique Monteiro

Traição de Psiquê (A)
Vários autores


 N.º pág.: 88
 
ISBN: 978-989-8255-26-X 
 PVP: 10.50 €
 Encomendar

Participam na Coletânea:

Glória Costa, Mónica Correia, Bruno Resende, João Filipe Pimentel, Florbela de Castro, Joe Outeiro, José António Pinto, Vieira Calado, Modesto Nogueira, Namibiano Ferreira, Paulo Alexandre e Castro, Silvério Calçada, Alice Santos, Conceição Bernardino, Daniel Orge, Fernando de Sousa Pereira, Francisco Gonçalves, Luís Manuel Ferreira, Maria Escritos, Paulo César Gonçalves, Isabel Reis, Nazarith, Octávio da Cunha, Ausenda Hilário, Adolfo Fonseca, João Bosco da Silva, Rafael Atalaio, Dinah Raffaellus, Silvino Figueiredo, António Sem, Sílvia Soares, Manuel Magalhães Oliveira, Fernando Neto, João Cordeiro, Naíade, Romeu Braga e Ana Mendonça.

Júri de apreciação: Henrique Monteiro e Paulo Melo-Lopes (Lugar da Palavra) e Alzira Braga (Argo).

Coordenação: João Carlos Brito.


Verão Quente de 1984
Quito Arantes


 N.º pág.: 52
 
ISBN: 978-989-8255-76-1 
 PVP: 8.48 €
 Encomendar

No verão de 1984, Quito Arantes fez-se à estrada. Sem meios, sem dinheiro, apenas com a sua guitarra, correu as estradas da europa e fixou-se, por uns tempos, na Holanda. Este livro é o resultado de uma experiência de vida, dos ritmos, das emoções, de um percurso de vida. 


Vida em Poema (A)
Joana Matos


 N.º pág.: 64
 
ISBN: 978-989-8255-40-2 
 PVP: 9.45 €
 Encomendar

"A poesia desperta os sentidos desta jovem escritora. Um poema é, sem dúvida, um mundo onírico, de evasão… um rio, uma flor, um sorriso, uma lágrima…a alma!"

Cristina Henriques, sobre a jovem autora de 15 anos, Joana Matos.





© 2009- - Lugar da Palavra, Editora.
Textos em conformidade com as normas do novo acordo ortográfico.